Kefir em casa: Saiba como fazer

COMPARTILHE :)

Você já ouviu falar de Kefir? E de fazer Kefir em casa? Muitas pessoas, infelizmente, ainda não conhecem esse alimento sensacional.
Kefir é um alimento probiótico produzido a partir da fermentação do leite. tem aspecto semelhante ao iogurte, porém, seu valor nutricional é superior, bem como seus efeitos benéficos são potencializados pela diversidade de microrganismos presentes em sua matriz.
A ingestão regular de Kefir, auxilia sua saúde de maneira extraordinária. Pois, os microrganismos presentes no nele, são um verdadeiro exército contra microrganismos patogênicos, que por sua vez, são causadores de doenças. E tem mais! Além dos microrganismos benéficos o kefir contém aminoácidos essenciais, proteínas completas, bem como uma abundância de minerais.

Saiba qual é a diferença entre o Kefir e a Kombucha

VOCÊ SABIA QUE PODE PRODUZIR KEFIR EM CASA?

Pois é, você pode!
Geralmente, a política do Kefir é de doação. Por isso, você terá que conseguir a doação dos grãos para fazer seu Kefir em casa. Você pode conseguir esses grãos pelas redes sociais. Existem muitos grupos no facebook e/ou instagram que compartilham.

ATENÇÃO!

Os grãos de Kefir se reproduzem sozinhos. Afinal, são microrganismos vivos. Se você alimentá-los regularmente, eles podem durar para sempre. Dessa forma, você também pode se tornar um doador.

10 Benefícios do Kefir

DICAS IMPORTANTES:

  • Os grãos de Kefir podem ser congelados, caso você queira armazená-los. Em contrapartida, se você expuser o Kefir a temperaturas muito elevadas, você causará a morte dos microrganismos.
  • Os utensílios utilizados para produzir Kefir, devem ser exclusivos para ele. Assim, você evitará a contaminação dos seus grãos por bactérias patogênicas.
  • De preferência não use nada de plástico, tendo em vista que algumas moléculas do plástico podem migrar para o alimento e contaminá-lo. Sendo assim, procure usar potes de vidro 1L, que tenham limpeza fácil. Caso queira garantir a esterilização dos seus utensílios, deixe-os imersos em água fervente por 30 min.
  • Não feche o pote com a tampa convencional. Os microrganismos precisam respirar. Por isso, improvise uma tampa com filtro de café e barbante se for o caso.

DE ONDE VEM O KEFIR?

O Kefir é originalmente da região do Cáucaso, onde era produzido a partir do leite de cabra. Contudo, atualmente se usa o leite integral de vaca para fazer sua produção caseira. Outras pessoas já utilizaram leite de ovelha, extrato de soja, leite de coco, de arroz, entre outros.
O leite de vaca é mais utilizado por ser o leite mais difundido e comercializado em grande escala.
Escolha o leite de sua preferência e mãos à obra!

FAZENDO KEFIR DE LEITE EM CASA

1. Coloque duas colheres dos grãos de Kefir no pote limpo de vidro 1L.

O sabor característico do Kefir é de fermentado-ácido. Duas colheres dos grãos é uma quantidade inicial boa para produzir esse sabor padrão. Contudo, o sabor é uma questão de preferência. Faça testes adicionando mais ou menos grãos.

2. Coloque 500 mL de leite no pote de vidro junto com os grãos.

A quantidade de leite também fica a seu critério, mas 500 mL é uma quantidade boa para começar. Não encha o pote de vidro até a borda e não feche com a tampa convencional. Pois, os microrganismos precisam respirar no processo de fermentação.

3. Cubra o pote com filtro de café ou papel toalha e prenda com barbante ou elástico.

Como já foi mencionado, os microrganismos precisam respirar durante o processo de fermentação. Armazene à temperatura ambiente dentro do armário ou no forno do fogão. Se preferir fermentar na geladeira, esse processo será mais lento. Temperaturas baixas diminuem o metabolismo dos microrganismos. Por outro lado, temperaturas muito elevadas acabam matando os mesmos.

4. Deixe fermentar por no mínimo 8h.

É mais viável preparar o Kefir à noite e usá-lo pela manhã. Quanto mais tempo você deixar os grãos trabalharem, mais sabor encorpado o Kefir terá. O sabor característico ácido ficará mais perceptível ao paladar. Essa preferência pelo sabor, também vai variar de pessoa para pessoa.

5. Coe o Kefir, utilizando uma peneira e um segundo pote ou tigela de vidro.

Armazene por mais algum tempo em geladeira para consumi-lo gelado, ou se preferir, depois de coar pode consumir.

6. Repita o ciclo caso queira produzir mais Kefir. Caso não queira, congele os grãos, ou os deixe em repouso no leite por no máximo dois dias faça nova troca do leite, desprezando o que foi feito de repouso.

  
ATENÇÃO!!!

Nunca lave os grãos de Kefir em casa. O cloro da água pode matar os microrganismos presentes. Nunca coloque as mãos nos grãos. Você pode contaminá-los com bactérias do grupo Coliformes. Consideradas bactérias patogênicas presentes na microbiota de animais de sangue quente como o homem.

kefir em casa

Para fazer Kefir em casa, você precisa ter disposição e bastante cuidado. A contaminação dos grãos pode levar a sérias complicações de saúde. Como por exemplo a diarreia aguda.

Caso você tenha uma vida corrida e queira facilitar a ingestão de Kefir em sua dieta. Já existe no mercado o Kefir frutas, refrescante e borbulhante. Ótimo substituto do refrigerante na hora das refeições. Também já existe o Kefir na apresentação cápsula, este suplementado com magnésio ou cálcio e vitamina D3. A apresentação cápsulas é ótima pra levar na bolsa.

Você pode encontrar essas duas apresentações do Kefir na lojas de produtos naturais ou na empresa BioLogicus. A BioLogicus é uma empresa comprometida com a qualidade dos seus produtos e com a satisfação do cliente.

Bom, você já sabe o que é, como fazer e onde encontrar mais fácil. A escolha é sua!!!

Veja outras receitas

Digite seu email abaixo e receba conteúdo grátis


3 emails semanais com todos os passo a passo mais recentes do site

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*